quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

1 ano do Blog Mata Viva.

Hoje, estamos comemorando 1 ano de blog, com as mais de 80 publicações, que sempre visa contar as histórias vividas por mim e por pessoas que conheci ao longo dos 10 anos de conhecimentos e pesquisas com os produtos naturais da mata, que acima de tudo, tento dar-lhes a solução natural, prática e fácil de curar as mais diversas moléstias! Só tenho a agradecer por todos os leitores interessados nesses relatos reais contados sem frescura, que resultou nas mais de 22 mil visualizações. Após todos os agradecimentos, quero explicar-lhes também algumas coisas que deve ter aguçado a curiosidade de todos; Os óleos naturais e milagrosos da mata são inteiramente puros e da mais alta qualidade, e é com grande competência e trabalho, que eu mesmo me encarrego de fazer os manejos anuais dos mesmos, isso justifica o nome do blog -Mata Viva Engenharia- e eu, com toda a dedicação quero ajudar muito mais gente que sofre com qualquer que seja o tipo de moléstia. Depois quero que me contem como foi o uso, como os óleos e castanhas reagiram em seu organismo e sobre a cura, para que eu possa publicar aqui no blog, assim como foi feito em todos os casos nesse tempo. Todas as histórias são relatos de pessoas que viveram algum período sofrendo, seja com doenças simples ou não, e que foram enganadas pelas indústria multimilionária farmacêutica, mas que obtiveram o resultado desejado com os mais simples recursos: os naturais.
Outra coisa: Fui procurar notícias sobre os óleos e castanhas na internet, e sinceramente, nunca li tanta bobagem e frescura! Querem saber o que deveria ter na bula natural ? Vou lhes dizer: Tomem 4 gotas de Copaíba, 2 gotas de Andiroba, comam 2 Castanhas do Pará diariamente e esperem os resultados! Garanto-lhes que difíceis serão o surgimento de doenças.
Prezo acima de tudo a caridade humana, principalmente naquilo que o ser humano tem de mais importante: a sua saúde! A minha maior alegria é a cura de um doente. Não se deixem ser enganados..!
Que Deus nos proteja!

Nenhum comentário:

Postar um comentário