quinta-feira, 21 de abril de 2016

GLÂNDULA DE BARTHOLIN E A SOLUÇÃO COM OS ÓLEOS CONCENTRADOS COPAÍBA E ANDIROBA!



Paula Reis  sentindo-se muito feliz.
Boa tarde! 
Estou escrevendo para dar um depoimento. 
Há 1 ano e 5 meses vinha sofrendo com BARTOLINITE. Uma inflamação na glândula de bartholin.
No final de 2014, início de 2015 tive que passar por vários processos de punção do local. Na verdade o médico me indicou a cirurgia, mas como eu estava com um bebê de menos de 1 ano ele tentou fazer as punções pra que aliviasse a dor. Tomei uma série de antibióticos caríssimos, gastei mais de R$ 300,00. Além disso, cada vez que tinha que fazer a punção era uma dor fora do normal antes e durante o procedimento.
Resultado de imagem para glandula de bartholin
Passei um ano com cisto de bartholin sem inflamar. Ele estava lá mas eu não sentia dor.
Esse ano voltou a inflamar e o cisto cresceu muito.
Sofria demais pq ele ficou do tamanho de um tomate mais ou menos, era uma dor insuportável. Eu não queria me submeter a cirurgia por vários motivos.
Minha mãe leu a respeito dos óleos e entrou em contato com o Lúcio. Ele, muito prestativo, deu toda atenção e orientação necessária. Compramos os óleos de copaíba e andiroba  CONCENTRADOS. Chegaram no dia 23/03 e eu comecei a tomar no mesmo dia
1 semana e dois dias depois tomando os óleos diariamente, o cisto estourou durante a madrugada!
Nem acreditei! Minha felicidade foi imensa...um alívio imediato!
Não secou tudo no mesmo dia, até por isso não escrevi o depoimento antes...queria me certificar quanto tempo levaria pra que ficasse curada.
2 semana e 2 dias tomando os óleos diariamente, o restante do cisto foi embora! Saiu secreção por 2 dias inteiros mas finalmente secou!
Não tenho mais nada, graças a Deus!!
Há 1 ano e 5 meses eu lidava com isso, e em 2 semanas e 2 dias Deus me deu a cura através dos óleos.
Além disso, em 2 semanas emagreci 4kg! Só tomando os óleos!
Super recomendo!

QUE DEUS NOS PROTEJA!
EMAIL - MATAVIVAENGENHARIA@GMAIL.COM
WHATSAPP  -  35-98231171

Nenhum comentário:

Postar um comentário